Como escolher o Colchão certo?

Passamos um terço de nossa vida dormindo. Então nada mais justo do que descansar num colchão de qualidade. Uma escolha errada pode acarretar noites mal dormidas, causar um sono fragmentado, além de dores na coluna vertebral e torcicolos.

Segundo o médico Fábio Ravaglia, presidente do Instituto Ortopedia e Saúde, o bom colchão deve manter a coluna alinhada e exercer uma função ortopédica, o que significa ceder na medida exata da curvatura do corpo. Para isso, não pode ser nem muito duro, nem muito mole, e dar total apoio à coluna, sem forçá-la.

Do ponto de vista de conforto, é possível encontrar colchões extramacios, macios, firmes ou extrafirmes. Cada pessoa tem sua preferência, mas especialistas dizem que o ideal para a saúde é usar o meio termo.

Um colchão muito macio pode ocasionar curvas ou distorções na superfície e promover um desalinho da coluna vertebral. Além disso, não dá a sustentação suficiente para as partes mais pesadas do corpo, como quadris, ombros e coxas.

Já o colchão muito duro pode causar uma tensão na musculatura, produzir desconforto e dor pela manhã, em vez de proporcionar relaxamento. É do tipo que entorta a coluna e pode machucar o corpo.

O colchão mais adequado deve ser firme, nem macio nem rígido demais, independentemente do material do qual é fabricado. Essa estrutura dá sustentação a todas as curvas do corpo e mantém a coluna reta.

 (Foto: Divulgação)

Fontes:

http://www.magazineluiza.com.br/portaldalu/colchao-saiba-como-escolher/446/
http://mulher.uol.com.br/casa-e-decoracao/noticias/redacao/2011/05/11/saiba-tudo-sobre-colchoes-antes-de-escolher-o-seu-e-garanta-uma-boa-noite.htm